Credit Suisse diz que CEO Thiam recebeu US$19,4 mi em 2015

ZURIQUE (Reuters) - O presidente-executivo do Credit Suisse, Tidjane Thiam, recebeu 18,9 milhões de francos suíços (19,37 milhões de dólares) em 2015, segundo o relatório anual do banco suíço publicado nesta quinta-feira.

Thiam recebeu 4,57 milhões de francos em remuneração total e 14,3 milhões de francos em prêmios de substituição na forma de ações para compensar pelo cancelamento de prêmios diferidos de seu empregador anterior.

Thiam, que assumiu a liderança do Credit Suisse ao deixar a seguradora britânica Prudential em julho, está implementando há cinco meses sua nova estratégia para o banco com sede em Zurique.

A queda nas receitas do banco de investimento levou o Credit Suisse a acelerar seu plano de corte de custos, segundo anúncio na quarta-feira. Thiam admitiu não ter estado ciente de posições de trading que motivaram mais baixas contábeis grandes no primeiro trimestre.

Na quarta-feira, Thiam reveleou que pediu que seu bônus de 2015 seja cortado em 40 por cento, mais do que os cortes de 36 por cento nos bônus para a equipe na divisão de mercados globais.

(Por Joshua Franklin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos