Foguetes do Taliban atingem Parlamento afegão; não há relato de feridos

CABUL (Reuters) - Foguetes disparados por combatentes do Taliban atingiram o complexo do novo Parlamento do Afeganistão nesta segunda-feira, quando o principal agente de inteligência e o ministro interino do Interior se preparavam para falar à assembleia.

Legisladores disseram que não há relato de feridos, contradizendo o porta-voz do Taliban, Zabihullah Mujahid, que disse que o ataque dos militantes causou baixas pesadas.

"Três foguetes foram disparados no Parlamento, mas não atingiram o edifício principal", disse Safiullah Muslim, parlamentar da província de Badakhshan. "Aconteceu enquanto a sessão transcorria".

Uma autoridade de segurança de alto escalão disse à Reuters que três foguetes de longo alcance foram disparados do alto de uma colina a várias centenas de metros do prédio da legislatura.

O Taliban divulgou um comunicado por e-mail com várias fotos do ataque que parecem mostrar fumaça se erguendo perto do parlamento, em um bairro ao oeste da capital Cabul.

Em outra foto são vistos um pequeno buraco e uma parede danificada, ambos aparentemente causados pelos foguetes.

"Houve uma negligência clara no cumprimento das funções, e irei encarregar as autoridades de segurança de providenciarem uma proteção melhor dentro e nos arredores do parlamento", afirmou Taj Mohammad Jahid, ministro interino do Interior, aos legisladores.

(Por Hamid Shalizi e Mirwais Harooni)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos