Sabesp não trabalha com possibilidade de romper compromissos de dívida, diz diretor

SÃO PAULO (Reuters) - A companhia de água e saneamento do Estado de São Paulo, Sabesp, não trabalha com a possibilidade de romper qualquer compromisso de dívida conhecido como "covenant" este ano, afirmou o diretor financeiro da empresa, Rui Affonso, nesta terça-feira.

O executivo fez o comentário durante teleconferência com analistas e jornalistas sobre os resultados da Sabesp no quarto trimestre.

Na semana passada, a agência de classificação de risco Fitch divulgou relatório em que afirma que a Sabesp deverá romper o compromisso de não superar o nível de alavancagem financeira (covenant) de 3,65 vezes em 2016, mas que a empresa deve negociar com sucesso um perdão por parte dos investidores.

"As previsões de estresse sobre nossos covenants têm sido feitas ao longo dos últimos 25 meses e até o momento não estouramos qualquer covenant (...) Não trabalhamos com possibilidade de romper qualquer convenant este ano", disse Affonso.

O executivo afirmou ainda que na quarta-feira a Sabesp deverá fazer resgate parcial de 300 milhões de reais em debêntures que têm valor total de 500 milhões e vencimento em meados de 2017.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos