BC vê mais inflação em 2016 e em 2017; volta ao centro da meta no início de 2018

BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central piorou suas projeções de inflação para este ano e o próximo, indicando que vê a alta de preços no centro da meta apenas no início de 2018, fora do objetivo que vem pregando de que esse movimento deve ocorrer em 2017.

Segundo o Relatório Trimestral de Inflação divulgado nesta quinta-feira, o BC vê inflação subindo 6,6 por cento em 2016 e 4,9 por cento em 2017 pelo cenário de referência, sobre projeções anteriores de elevação de 6,2 e 4,8 por cento, respectivamente.

O BC mostrou ainda que vê a inflação a 4,5 por cento --centro da meta-- no primeiro trimestre de 2018.

(Reportagem de Marcela Ayres; Texto de Patrícia Duarte)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos