Filhos de Trump não se registram e ficam impedidos de votar no pai na primária de Nova York

Por Megan Cassella

Em Washington

  • TIMOTHY A. CLARY/AFP

    Eric e Ivanka Trump ao lado de Melania Trump durante debate do pré-candidato republicano

    Eric e Ivanka Trump ao lado de Melania Trump durante debate do pré-candidato republicano

Donald Trump, pré-candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, disse que dois de seus filhos estão se sentindo culpados por terem perdido um prazo para se inscreverem como eleitores, o que significa que não poderão votar a seu favor na primária do partido em Nova York na semana que vem.

Eric Trump, de 32 anos, e Ivanka Trump, de 34, segundo e terceiro filhos do favorito à indicação republicana, vêm atuando intensamente na campanha do pai, mas ambos perderam o prazo de inscrição para se registrarem como republicanos e poderem votar no dia 19 de abril.

Em uma entrevista por telefone ao programa "Fox & Friends", Trump brincou que terá que encontrar alguma maneira de punir Eric e Ivanka pelo erro.

"Acabou a mesada!", disse o bilionário aos risos.

"Eles não estavam cientes das regras", justificou Trump nesta segunda-feira à rede Fox News. "Eles estão se sentindo muito, muito culpados. "Mas tudo bem. Quer dizer, eu entendo."

Registros da Comissão Eleitoral Estadual de Nova York mostram tanto Eric quanto Ivanka como eleitores registrados mas "sem filiação partidária", relatou o canal ABC News.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos