Principal índice europeu fecha na máxima de três meses com dados corporativos

Atul Prakash e Danilo Masoni

LONDRES/MILÃO (Reuters) - O principal índice europeu de ações alcançou a máxima em três meses nesta terça-feira, sustentado pelo avanço de papéis ligados a commodities e dados corporativos favoráveis da empresa de cosméticos L'Oréal e do grupo de propaganda Publicis.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 1,47 por cento, a 1.375 pontos, maior nível de fechamento desde 6 de janeiro.

A ação da L'Oréal subiu 5 por cento após a companhia dizer que terá desempenho acima do mercado em 2016 e prever outro ano de crescimento das vendas e do lucro após as vendas no primeiro trimestre subirem mais que o esperado.

O índice europeu de matérias-primas teve ganhos de 4,54 por cento, máxima desde o começo de novembro, com a confiança melhorando após a Rio Tinto divulgar alta de 11 por cento nas remessas de minério de ferro no primeiro trimestre.

Sinais positivos sobre a economia da China, maior consumidor mundial de metais, também amparavam o bom humor.

A ação do Publicis avançou 6,7 por cento após o grupo de publicidade divulgar receita maior no primeiro trimestre, ajudado por contas vencidas no fim do ano passado e pelo crescimento do negócio digital Sapient.

Em LONDRES, o índice Financial Times subiu 0,82 por cento, a 6.405 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 2,27 por cento, a 10.349 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 teve ganho de 1,32 por cento, a 4.566 pontos.

Em MILÃO, o índice FTSE/Mib subiu 0,49 por cento, a 18.447 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 avançou 1,01 por cento, a 8.971 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 ganhou 0,32 por cento, a 4.988 pontos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos