Justiça de Sergipe suspende bloqueio do WhatsApp no Brasil

SÃO PAULO (Reuters) - O WhatsApp obteve nesta terça-feira junto ao Tribunal de Justiça de Sergipe uma liminar que interrompe o bloqueio do aplicativo no Brasil, informou o Tribunal, suspendendo decisão do juiz Marcel Maia Montalvão, titular da vara criminal da cidade sergipana de Lagarto, na segunda-feira.

"O Desembargador Ricardo Múcio Santana de Abreu Lima, do Tribunal de Justiça de Sergipe, deferiu, no início da tarde de hoje, 03/05, um pedido de reconsideração impetrado pelos advogados do WhatsApp", disse o tribunal em nota à imprensa.

"A decisão já foi disponibilizada no site do Tribunal de Justiça de Sergipe para dar ciência às partes e autoridades interessadas", segundo o comunicado.

O aplicativo, que pertence ao Facebook, foi bloqueado após às 14h de segunda-feira por Montalvão por prazo de 72h. Há dois meses, o mesmo juiz mandou prender o vice-presidente do Facebook para América Latina, Diego Dzodan, por descumprimento de ordem judicial que pedia quebra de sigilo de mensagens trocadas pelo WhatsApp.

(Por Natália Scalzaretto)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos