Agência ambiental dos EUA propõe aumento modesto na meta de biocombustíveis para 2017

WASHINGTON (Reuters) - A agência reguladora ambiental dos Estados Unidos propôs nesta quarta-feira que as empresas de combustíveis devem misturar 18,8 bilhões de galões de etanol produzido à base de milho e outros biocombustíveis ao diesel e à gasolina do país no ano que vem, de acordo com um documento oficial visto pela Reuters.

No documento enviado pela Agência de Proteção Ambiental (EPA, na sigla em inglês) ao Congresso, a agência pediu um aumento modesto de 4 por cento em relação aos 18,11 bilhões de galões estabelecidos para este ano. Isto inclui 14,8 bilhões de etanol, uma alta ante os 14,5 bilhões deste ano, mostrou o documento.

(Por David Shepardson)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos