Grécia começa a desmontar acampamento de imigrantes na fronteira com Macedônia

Por Phoebe Fronista e Fedja Grulovi

IDOMENI, Grécia (Reuters) - A polícia da Grécia começou nesta terça-feira a retirar imigrantes e refugiados de um vasto acampamento de barracas próximo de sua fronteira norte com a Macedônia, que está fechada, um local onde milhares de pessoas estão retidas há meses à espera de uma chance de chegar ao oeste da Europa.

Testemunhas da Reuters viram vários ônibus repletos de imigrantes deixando o acampamento improvisado de Idomeni no início da manhã de terça-feira e cerca de uma dúzia de outros ônibus em fila. Aparentemente a maioria das pessoas que partiam eram membros de famílias.

As autoridades gregas disseram que planejam transferir indivíduos gradualmente para instalações supervisionadas pelo Estado mais ao sul, em uma operação que deve durar vários dias.

"A retirada está progredindo sem nenhum problema", disse Giorgos Kyritsis, porta-voz do governo para a crise imigratória.

Uma testemunha da Reuters do lado macedônio da fronteira disse haver um policiamento intenso na área, mas nenhum problema foi relatado enquanto pessoas com crianças pequenas enchiam malas enormes com seus pertences.

A mídia foi mantida à distância do lado grego da divisa, e um grupo de pessoas vestidas de palhaços acenou com balões em forma de coração e animais enquanto os ônibus passavam.

"Aquele que empacotarem seus pertences irão partir, porque queremos encerrar este assunto. Idealmente até o final da semana. Não colocamos um prazo rígido nisso, mas é mais ou menos isso que estimamos", disse Kyritsis à Reuters.

Segundo a última contagem, 8.199 pessoas estavam acampadas em Idomeni, que chegou a abrigar 12 mil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos