Faturamento da indústria de máquinas desaba 33,6% em abril

SÃO PAULO (Reuters) - A indústria brasileira de máquinas e equipamentos manteve a tendência de forte contração, com o faturamento de abril desabando 33,6 por cento ante mesmo mês de 2015, para 5,3 bilhões de reais, afirmou nesta quarta-feira a entidade que representa o setor, Abimaq.

No mês passado, o consumo aparente de máquinas e equipamentos no país somou 7,79 bilhões de reais, recuando 38,8 por cento ante abril de 2015.

Um dado positivo do setor foi o aumento de 11,1 por cento das exportações ante de abril do ano passado, a 682 milhões de dólares. No acumulado do ano (2,6 bilhões de dólares), o setor ainda acumula queda de 1,3 por cento.

Como as importações caíram 33,6 por cento na comparação anual (-31,6 por cento no acumulado do ano), o saldo negativo da balança comercial do setor caiu 56,3 por cento sobre um ano antes, a 525,8 milhões de dólares.

Segundo a Abimaq, de janeiro a abril, o uso médio da capacidade instalada da indústria de máquinas foi de 65,9 por cento, contra 69 por cento na mesma etapa do ano passado.

No período de 12 meses encerrado em abril, o setor cortou

38.672 postos de trabalho. Os cortes ocorreram diante de uma contração na carteira de pedidos de 12,2 por cento no acumulado do primeiro quadrimestre.

(Por Aluísio Alves)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos