Estado Islâmico expulsa rebeldes sírios de proximidades da fronteira turca

Por John Davison

BEIRUTE (Reuters) - Combatentes do Estado Islâmico capturaram territórios de rebeldes da Síria perto da fronteira da Turquia nesta sexta-feira e chegaram mais perto de uma cidade localizada em uma rota de suprimento de insurgentes que têm apoio do exterior no combate aos jihadistas, informou um grupo de monitoramento.

O grupo extremista vem lutando com rebeldes na área há vários meses. Estes, que são supridos via Turquia, realizaram uma grande ofensiva contra o Estado Islâmico no mês passado, mas o grupo contra-atacou e os repeliu.

Os Estados Unidos identificaram a área ao norte de Aleppo, outrora um grande pólo comercial da Síria, como uma prioridade na luta contra o grupo sunita radical.

O Observatório Sírio para Direitos Humanos, que tem sede em Londres, disse que o avanço desta sexta-feira foi o maior do Estado Islâmico na província de Aleppo em dois anos, e deixou os jihadistas a 5 quilômetros de Azaz, cidade próxima da fronteira turca através da qual os insurgentes vêm recebendo suprimentos.

O Estado Islâmico disse em um comunicado na Internet que ocupou vários vilarejos próximos de Azaz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos