Ataques turcos matam 28 militantes do Estado Islâmico ao norte de Aleppo, diz TV

ISTAMBUL (Reuters) - O Exército da Turquia matou ao menos 28 militantes do Estado Islâmico em ataques ao norte da cidade síria de Aleppo no domingo, em retaliação pelos ataques mais recentes contra uma cidade fronteiriça turca, disse a rede CNN Turk, citando um comunicado militar.

O ataque atingiu 58 alvos do Estado Islâmico com artilharia e lança-foguetes, relatou a CNN Turk nesta segunda-feira.

O jornal Sabah, pró-governo, relatou que cinco pessoas ficaram feridas na sexta-feira quando foguetes lançados de território controlado pelo Estado Islâmico no norte da Síria atingiram a província turca de Kilis, a cerca de 60 quilômetros de Aleppo.

Kilis foi atingida por foguetes de territórios controlados pelo Estado Islâmico mais de 70 vezes desde janeiro, matando 21 pessoas, incluindo crianças, no que autoridades da segurança descrevem como uma mudança de explosões acidentais para alvos deliberados.

(Reportagem de Seda Sezer)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos