Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA caem inesperadamente na semana passada

WASHIGTON (Reuters) - O número de norte-americanos que solicitaram benefícios de desemprego caiu inesperadamente na semana passada, apontando para aperto do mercado de trabalho.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego caíram em 1.000, para 267.000 em dados ajustados sazonalmente na semana encerrada em 28 de maio, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. Os pedidos da semana anterior não foram revisadas.

Economistas consultados pela Reuters previam que os pedidos iniciais subiriam a 270.000 na última semana. A média móvel de quatro semanas, considerada medida melhor das tendências do mercado de trabalho, caiu em 1.750 pedidos, para 276.750 na semana passada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos