Juncker, da UE, nega que desfiliação britânica seja início do fim da União Europeia

BRUXELAS (Reuters) - O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, insistiu nesta sexta-feira que a decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia não representa o início do fim do bloco.

Respondendo a pergunta de repórter em entrevista coletiva na sede executiva da UE em Bruxelas, Juncker simplesmente respondeu "não". A fala gerou aplausos de autoridades da UE na sala, e Juncker saiu após responder somente a duas perguntas.

Ele iniciou a entrevista coletiva lendo um comunicado conjunto emitido anteriormente por chefes de instituições da UE.

(Reportagem de Alastair Macdonald)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos