Ouro tem maior ganho diário desde 2008 com saída do Reino Unido da UE

LONDRES (Reuters) - O preço do ouro registrou nesta sexta-feira seu maior ganho diário desde a crise financeira de 2008, com o resultado do referendo do Reino Unido pela saída da União Europeia espalhando incerteza política e preocupação com o crescimento econômico, que também atingiu commodities industriais, como o petróleo.

"A fuga para a segurança pode continuar por um tempo: quando algo assim acontece, a aversão ao risco não se limita a uma região", disse o diretor de investimento da London & Capital, Ashok Shah.

O ouro no spot chegou a subir mais de 8 por cento nesta sexta-feira, o maior ganho desde setembro de 2008, na sequência do colapso financeiro do Lehman, atingindo 1.358,20 dólares a onça, o maior nível desde março de 2014.

Do lado negativo, a grande vítima foi o petróleo Brent, que caiu mais de 6 por cento para uma mínima de uma semana abaixo de 50 dólares o barril, antecipando uma desaceleração no crescimento da demanda.

(Por Pratima Desai)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos