UE discutirá "processo de divórcio" britânico na quarta-feira

BRUXELAS (Reuters) - Os líderes da União Europeia vão se reunir sem o premiê britânico, David Cameron, na quarta-feira para discutir o "processo de divórcio" do Reino Unido após os britânicos terem decidido sair da bloco europeu, disse o presidente do Conselho Europeu, Donaldo Tusk, nesta sexta-feira.

Os 28 líderes da UE vão realizar uma reunião de cúpula de dois dias a partir de terça-feira, em Bruxelas. O primeiro-ministro Cameron vai fazer uma apresentação para os outros 27 líderes em um jantar, disse o Tusk em uma carta enviada aos líderes em que estabelece a agenda do encontro.

Cameron então deve voltar para Londres e na quarta-feira, pela primeira vez, os 27 líderes irão se reunir sem ele em um formato mais informal. Essas reuniões "informais" significam que eles não têm o poder de decisão.

"Os 27 irão se reunir informalmente para discutir as implicações políticas e práticas da saída britânica", escreveu Tusk, que falou mais cedo nesta sexta-feira com Cameron para discutir a agenda.

"Vamos discutir o chamado processo de divórcio", disse ele, em referência ao Artigo 50 do tratado da UE, que permite a um governo notificar a UE que está saindo e obrigando o bloco a tentar negociar um "acordo de saída".

(Por Alastair Macdonald e Gabriela Baczynska)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos