Wall St cai mais de 2% após referendo britânico resultar em saída da UE

Por Tanya Agrawal e Yashaswini Swamynathan

(Reuters) - As bolsas norte-americanas recuavam mais de 2 por cento nesta sexta-feira, com o Dow Jones chegando a cair mais de 550 pontos, após a votação do Reino Unido por deixar a União Europeia (UE) provocar o maior golpe ao sistema financeiro global desde a crise financeira de 2008.

Às 11h35 (horário de Brasília), o indicador Dow Jones caía 2,18 por cento, a 17.618 pontos, enquanto o S&P 500 tinha desvalorização de 2,34 por cento, a 2.063 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq perdia 2,81 por cento, a 4.771 pontos.

Investidores preocupados com o cenário para a economia mundial buscaram refúgio no dólar e em outros ativos seguros como o ouro e os treasuries, deixando ações mais arriscadas de lado. O rendimento do título de 10 anos dos Estados Unidos atingiu a mínima desde 2012.

Papéis de bancos e de tecnologia estavam entre as maiores perdas.

"Os participantes foram pegos de surpresa", disse o chefe de negociação de ações do RBC Global Asset Management, Ryan Larson.

As ações de Citigroup, Bank of America, JPMorgan e Goldman Sachs recuavam bem, uma vez que os bancos norte-americanos têm grandes operações em Londres.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos