Senado aprova reajuste de 41,47% para servidores do Judiciário, texto vai a sanção

(Reuters) - O Senado aprovou nesta quarta-feira um reajuste de 41,47 por cento para os servidores do Judiciário, que custará aos cofres públicos este ano 1,7 bilhão de reais, e o projeto segue agora para sanção do presidente interino, Michel Temer.

Segundo a Agência Senado, os senadores aprovaram a proposta de reajuste após consultarem o ministro interino do Planejamento, Dyogo Oliveira, que afirmou que este percentual de reajuste está dentro do planejamento orçamentário da União.

Mais cedo, em audiência na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, Oliveira disse aos parlamentares que a lei orçamentária deste ano tem provisão de 1,8 bilhão de reais para acomodar o reajuste do Judiciário, que tem custo de 1,7 bilhão de reais.

(Por Eduardo Simões, em São Paulo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos