Homens-bomba do Taliban matam 27 em ataque a cadetes de polícia no Afeganistão

Por Hamid Shalizi

CABUL (Reuters) - Dois homens-bomba do Taliban mataram nesta quinta-feira pelo menos 27 pessoas e feriram cerca de 40 em um ataque contra ônibus que levavam cadetes de polícia recém-formados nos arredores do oeste de Cabul, capital do Afeganistão, disseram autoridades.

Os ataques ressaltam a ameaça à segurança do país cerca de uma semana antes de uma cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) em Varsóvia, na Polônia, onde líderes devem debater se mantêm o apoio ao governo de Cabul 15 anos depois de o Taliban ter sido expulso do poder.

    Os ônibus verdes, claramente identificados como veículos da polícia, foram atacados e parcialmente destruídos quando se aproximavam da capital vindos da província vizinha de Wardak, espalhando destroços pela rua.

    Uma autoridade do Ministério do Interior afirmou que no mínimo 27 pessoas perderam a vida e que 40 ficaram feridas no ataque durante o mês muçulmano sagrado do Ramadã, que transcorre desde o início de junho. Em um comunicado, o Taliban afirmou que cerca de 150 policiais morreram e que dezenas mais se feriram.

    O porta-voz do grupo, Zabihullah Mujahid, disse que o primeiro ataque visou um ônibus que transportava cadetes e instrutores. Depois, à medida que socorristas e serviços de emergência chegavam, um segundo suicida lançou seu carro, repleto de explosivos, contra seus veículos, matando dezenas.

    (Reportagem adicional de Jibran Ahmad em Peshawar)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos