Argentina pode não enviar seleção olímpica de futebol para Rio 2016

(Reuters) - A seleção argentina masculina de futebol, bicampeã olímpica, corre o risco de não conseguir enviar uma equipe aos Jogos Rio 2016 por falta de liderança na Associação de Futebol Argentino (AFA).

"Hoje, há 50 por cento de chance de a Argentina não apresentar sua equipe masculina de futebol nos Jogos Olímpicos", disse o presidente do Comitê Olímpico Argentino, Gerardo Werthein, nesta terça-feira.

"Isto tem algo a ver com o que está acontecendo na AFA. Eles não falam conosco há 20 meses", disse Werthein, segundo o jornal La Nación.

A AFA está sob investigação da Fifa por irregularidades relacionadas a recursos de receitas de direitos televisivos e falhas em acordos para realização de eleições internas.

O técnico da Argentina, Gerardo Martino, recém-chegado da derrota na final da Copa América Centenário com a equipe principal, nos Estados Unidos, iria começar os treinos da seleção olímpica nesta semana, mas não possui nem 11 jogadores para formar um time.

O torneio de futebol masculino tem início em 3 de agosto, dois dias antes do início oficial dos Jogos. A Argentina está no mesmo grupo que Portugal, Honduras e Argélia.

O país, que também possui duas medalhas olímpicas de prata no futebol, ganhou ouro nos Jogos de 2004, em Atenas, e de 2008, em Pequim.

(Por Rex Gowar)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos