Dilma diz que não irá à comissão do impeachment na 4ª, defesa será feita por advogado

BRASÍLIA (Reuters) - A presidente afastada Dilma Rousseff disse nesta terça-feira que não irá à comissão de impeachment no Senado para prestar depoimento e que sua defesa será feita por escrito e lida pelo seu advogado, o ex-ministro da Advocacia-Geral da União José Eduardo Cardozo.

Em sua conta no Twitter, Dilma disse ainda que está avaliando a possibilidade de comparecer no plenário do Senado em um outro momento do processo de impedimento.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos