Ataque a base do Exército no sul do Iêmen deixa ao menos 26 mortos

Por Mohammed Mukhashaf

ÁDEN (Reuters) - Ao menos 26 soldados do Iêmen e cerca de 20 militantes morreram nesta quarta-feira em um ataque a uma base militar perto do aeroporto internacional de Áden, cidade do sul iemenita, disseram fontes de segurança.

O ataque começou quando dois homens-bomba explodiram seus carros e foram seguidos por militantes armados que invadiram a base de Solaban. Eles ocuparam vários edifícios, mas foram mortos depois de quatro horas de combates intensos, informaram as fontes.

Ninguém assumiu a responsabilidade de imediato, mas o Estado Islâmico realizou um ataque de larga escala semelhante no porto de Mukalla, no sul, em 27 de junho.

Nos últimos dias também houve uma série de ataques com bomba aparentemente levados a cabo pelo Estado Islâmico na Arábia Saudita, na Turquia, em Bangladesh e no Iraque.

O aumento da violência coincidiu com os últimos dias do mês muçulmano sagrado do Ramadã, durante o qual os muçulmanos jejuam do alvorecer até o anoitecer. Esta quarta-feira marcou o início do Eid al-Fitr, um grande festival religioso.

No ano passado, militantes islâmicos do Iêmen conquistaram territórios e liberdade para operar graças à guerra civil, na qual forças do governo enfrentam rebeldes houthis, aliados do Irã, que controlam a capital, Sanaa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos