Iuan tem menor nível contra o dólar desde novembro de 2010

XANGAI (Reuters) - O iuan atingiu nova mínima de cinco anos e meio contra o dólar nesta quarta-feira, chegando à quinta sessão seguida de queda, após o banco central da China ter enfraquecido com força sua taxa de referência diante da alta do dólar.

Com o iuan se aproximando da importante marca psicológica de 6,7 por dólar, operadores informaram que bancos estatais estavam oferecendo dólares para acalmar os mercados, que ficou sob pressão pela rápida depreciação do iuan.

"Esse é um sinal do banco central, alertando o mercado que não há necessidade de pânico, de fazer nada com pressa", disse um operador de um banco comercial em Xangai.

O índice do dólar subiu mais de 0,5 por cento contra uma cesta de moedas na terça-feira, enquanto a libra caiu para novas mínimas diante de temores sobre as consequências financeiras e econômicas da decisão britânica de deixar a União Europeia.

O Banco do Povo da China determinou a taxa referencial do iuan a 6,6857 por dólar antes da abertura do mercado, 0,4 por cento mais fraco do que a taxa anterior de 6,6594 por dólar.

A taxa determinada nesta quarta-feira foi a mais fraca desde novembro de 2010.

No mercado à vista, o iuan chegou à mínima de 6,6980 contra o dólar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos