Capitólio é reaberto após ser isolado para atividades policiais

WASHINGTON (Reuters) - A polícia norte-americana ordenou momentaneamente um bloqueio no Capitólio por conta de atividades policiais nesta sexta-feira, e um assessor do Senado disse que oficiais estavam procurando uma mulher que possivelmente estava armada em uma área próxima à Câmara dos Deputados dos Estados Unidos.

A polícia deu aviso de que estava tudo em ordem para reabrir o Capitólio pouco depois das 9h30, horário local, cerca de meia hora após o início do bloqueio. Não ficou claro de imediato se a polícia encontrou a mulher que procurava.

Um policial do Capitólio disse que o bloqueio ocorreu porque autoridades estavam procurando uma pessoa. O bloqueio significa que pessoas no prédio deveriam permanecer em seus escritórios com as portas e janelas trancadas. O centro de visitantes do Capitólio também foi temporariamente fechado.

Um assessor do Senado disse que ouviu em rádios dos policiais que autoridades estavam buscando por uma "provável mulher que pode estar armada no metrô do edifício Rayburn". O prédio é ligado por um metrô ao Capitólio e possui escritórios e salas de audiência da Câmara.

O assessor disse que ouviu a troca de áudios em rádio sobre a busca pouco antes das 9h. A polícia colocou fitas amarelas para que repórteres e outros não entrassem em qualquer parte do complexo.

(Reportagem de Richard Cowan, Emily Stephenson e David Morgan)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos