Obama diz que França, Alemanha, Itália e Reino Unido devem preservar UE

VARSÓVIA (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse aos líderes de Alemanha, Itália, França e Reino Unido que eles devem "preservar a estabilidade e o bem-estar do projeto europeu", após a decisão dos britânicos de deixar a União Europeia, afirmou uma autoridade da Casa Branca.

Os líderes dos cinco principais membros da Otan também se reuniram com o presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, para expressar seu apoio a Kiev, após a Rússia anexar sua península da Crimeia e apoiar rebeldes no leste da Ucrânia.

"Os líderes concordaram que a Ucrânia fez progressos consideráveis em matéria de reformas políticas, econômicas e anti-corrupção, porém mais trabalho precisa ser feito para consolidar esses ganhos", disse a autoridade.

"Os líderes reafirmaram que as sanções só devem ser retiradas depois que a Rússia cumprir todas as suas obrigações de Minsk", acrescentou a fonte, referindo-se a um processo de paz no leste da Ucrânia.

(Por Gabriela Baczynska)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos