Partido Nova Pantera Negra levará armas em protestos em Cleveland se for permitido, diz líder

(Reuters) - O presidente do partido norte-americano Nova Pantera Negra, um movimento pela força dos negros, disse que o grupo vai carregar armas para autodefesa em protestos antes da convenção do Partido Republicano dos Estados Unidos na próxima semana, se a legislação do Estado de Ohio permitir.

"Se for um Estado aberto para o porte, vamos exercer nossos direitos da segunda emenda porque há outros grupos ameaçando estar lá que estão ameaçando nos fazer mal", disse Hashim Nzinga, presidente do Partido Nova Pantera Negra, em entrevista à Reuters.

"Se o Estado nos permitir levar armas, os panteras e os outros que podem legalmente levar armas levarão armas", acrescentou.

Nzinga condenou o assassinato de cinco policiais em Dallas na semana passada, o que descreveu como um massacre, e disse que seu grupo não teve qualquer envolvimento no ataque.

Autoridades de Ohio têm dito que manifestantes terão o direito de portar armas em protestos sob a lei estadual. Diversos outros grupos, incluindo alguns apoiadores do provável candidato republicano à Presidência dos EUA, Donald Trump, têm dito que também levarão armas em protestos, levando a preocupações sobre a possível presença de grupos armados em áreas próximas.

Nzinga disse esperar que poucas centenas de membros do Partido Nova Pantera Negra se juntem aos protestos que estão previstos para começar na quinta-feira, em Cleveland.

(Reportagem de Ned Parker)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos