Irmão de agressor em Nice diz que ele enviou foto "sorrindo" no meio da multidão

Tarek Amara

De Túnis

  • Reprodução

O tunisiano que matou pelo menos 84 pessoas na França ao invadir comemorações do Dia da Bastilha com um caminhão havia telefonado para seu irmão horas antes e enviado uma foto dele mesmo sorrindo no meio da multidão, disse o irmão à Reuters.

Mohamed Lahouaiej Bouhlel, de 31 anos, foi baleado pela polícia na quinta-feira à noite após avançar com o veículo em uma avenida à beira-mar fechada para o público na cidade de Nice, sul da França. Ele percorreu dois quilômetros no meio da multidão e fez zigue-zague com o caminhão para atingir o máximo de pessoas possível.

Seu irmão, Jabeur, disse à Reuters na Tunísia que Mohamed havia ligado para ele pela última vez na quinta-feira à tarde e enviado uma foto dele mesmo no meio da multidão, em Nice.

"No último dia, ele disse estar em Nice com seus amigos europeus para celebrar o feriado nacional", disse Jabeur, acrescentando que pela foto "ele parecia muito feliz e agradável, rindo muito."

A Reuters não pode verificar a existência da fotografia, a qual o irmão recusou mostrar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos