Pedaço de asa encontrado na Tanzânia é provavelmente do voo MH370, diz Austrália

Byron Kaye

Em Sidney

  • Andrew Winning/Reuters

Um pedaço de uma asa de aeronave encontrado na Tanzânia é "muito provavelmente" parte do voo desaparecido da Malaysia Airlines MH370, disse um ministro australiano nesta sexta-feira, no que pode ser o segundo componente confirmado do avião. 

O voo MH370 desapareceu em março de 2014 com 239 passageiros e tripulantes a bordo pouco após decolar de Kuala Lumpur em direção a Pequim. 

Investigadores acreditam que alguém possa ter deliberadamente desligado o transponder do avião antes de desviá-lo da rota em milhares de quilômetros sobre o Oceano Índico. 

A parte de asa encontrada na Tanzânia está sendo examinada na Austrália.

"É muito provável que o mais recente pedaço de destroço que está sendo analisado seja do voo desaparecido da Malaysia Airlines MH370", disse o ministro de Infraestrutura e Transporte Darren Chester em comunicado. 

"Os especialistas vão continuar a analisar este pedaço para avaliar qual informação pode ser determinada a partir dele."

Investigadores confirmaram que uma parte de um avião encontrada na ilha francesa de Reunion em julho de 2015 era do MH370.

Eles disseram que diversos outros destroços encontrados em Moçambique, na África do Sul e na ilha Rodrigues, um território das Ilhas Maurício, provavelmente são do avião também.  

Uma busca pelo Boeing 777 tem sido realizada no Oceano Índico por mais de dois anos, mas nenhum sinal do principal destroço foi encontrada. 

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos