Maia diz não ver problema em ler processo contra Cunha na 2ª-feira

(Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta terça-feira que “não vê problema" em ler o processo que pede a cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no plenário da Casa na segunda-feira.

Uma vez lido o processo em plenário e publicado o parecer do Conselho de Ética pela cassação, de acordo com o Código de Ética e Decoro Parlamentar da Casa, o caso precisa entrar na ordem do dia em duas sessões, segundo a Agência Câmara Notícias.

Maia fez o comentário ao responder questionamento do líder da Rede, deputado Alessandro Molon (RJ). Ele também disse que a primeira prioridade da Câmara será a votação do projeto de lei que trata da renegociação das dívidas dos Estados com a União.

O processo contra Cunha começou a tramitar em setembro do ano passando, quando ele ainda era presidente da Câmara. Ele é acusado de mentir em depoimento à CPI da Petrobras em 2015 quando negou ter contas bancárias no exterior.

O Conselho de Ética aprovou parecer que pede a cassação do mandato de Cunha, que renunciou à presidência da Câmara. Ele também responde a duas ações penais no Supremo Tribunal Federal (STF).

(Por Eduardo Simões, em São Paulo)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos