Queda de energia suspende brevemente voos em Miami e proximidades

WASHINGTON (Reuters) - A Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA, na sigla em inglês) suspendeu brevemente os voos ao aeroporto internacional de Miami e aeroportos próximos nesta quinta-feira, após uma queda de energia que durou cinco minutos no Terminal de Controle de Aproximações por Radar de Miami, disse uma porta-voz.

As operações aéreas voltaram ao normal após cerca de 90 minutos, disse a FAA. Todos os sistemas voltaram a funcionar com a ajuda de um gerador, disse a porta-voz Kathleen Bergen.

O FAA disse que um problema com "um sistema de energia ininterrupto causou a queda de energia" e foi reparado. A força foi transferida para o motor gerador de força reserva e começou a restaurar os equipamentos de controle de tráfego aéreo após a queda de energia, que acabou perto das 12h30

Os aviões em Miami, assim que como outros dentro do limite da área nos EUA, não puderam decolar, enquanto aqueles que estavam no ar receberam indicações para voar em um padrão até que fosse seguro aterrissar no sul da Flórida.

(Por Timothy Ahmann, David Shepardson e Jeffrey Dastin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos