Ryan Lochte será intimado a testemunhar no Brasil, diz Fox News

WASHINGTON (Reuters) - O nadador norte-americano Ryan Lochte, que se desculpou por "exagerar" na história de que teria sido assaltado à mão armada na Olimpíada do Rio, será intimado a testemunhar perante a justiça brasileira, noticiou a Fox News nesta quinta-feira.

Se Lochte não comparecer, não haverá penalidades, mas ele não poderá participar de um acordo judicial, disse a Fox citando comentários do delegado Clemente Braune.

(Por Timothy Ahmann)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos