Fluxo imigratório provoca maior crescimento populacional na Alemanha desde 1992

BERLIM (Reuters) - A população da Alemanha registrou o maior crescimento em mais de 20 anos em 2015, segundo dados divulgados nesta sexta-feira, devido à entrada de um número recorde de imigrantes no país.

Mais de um milhão de pessoas fugindo de guerras e da pobreza no Oriente Médio, na África e em outros regiões do globo buscaram a nação mais populosa da Europa no ano passado atraídos pela economia forte, as leis de asilo relativamente liberais e um sistema de benefícios generoso.

Em números absolutos, a imigração atingiu a cifra recorde de 1 milhão e 139 mil pessoas, mais do que o dobro de 2014, segundo o Escritório Federal de Estatística.  

O debate interno sobre os benefícios e desvantagens da imigração subiu de tom devido a uma leva recente de ataques violentos contra civis, alguns dos quais foram assumidos por militantes islâmicos.

A Alemanha vai realizar no ano que vem eleições federais, e alguns políticos vêm argumentando que o influxo irá ajudar a amenizar a escassez de mão de obra qualificada, resultante do envelhecimento da população e da queda nas taxas de natalidade.

Outros alemães temem que um número tão grande de imigrantes, muitos dos quais não possuem as habilidades linguísticas e o treinamento que o país necessita, esteja representando um fardo pesado no sistema de assistência social.

Como em 2015 morreram 188 mil pessoas a mais do que as que nasceram, no geral a população cresceu em mais de 978 mil pessoas, chegando a 82,2 milhões de habitantes, a cifra mais alta desde 1992.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos