Saldo de mortes de ataque a restaurante na Somália sobe para 10

MOGADÍCIO (Reuters) - O número de mortes de um ataque de militantes islâmicos a um restaurante à beira-mar da capital da Somália, Mogadíscio, no final da quinta-feira subiu para 10 pessoas, informou a polícia.

Os agressores explodiram um carro-bomba no restaurante Banadir, localizado na praia de Lido, antes de iniciarem um confronto com forças de segurança que durou várias horas.

As vítimas são seis civis, dois membros das forças de segurança e dois dos agressores, disse o policial Ali Abdullahi nesta sexta-feira.

O grupo Al Shabaab, ligado à Al Qaeda, assumiu a autoria do ataque, disse a polícia. O grupo já realizou uma série de ataques letais na Somália na tentativa de derrubar o governo, que tem apoio do Ocidente.

Em um incidente separado no sul do país, uma bomba plantada em uma estrada por militantes do Al Shabaab feriu 10 pessoas, relatou a polícia nesta sexta-feira, atualizando o número inicial de três feridos.

Um dos feridos pela explosão na cidade de Baardhere, da região de Gedo, era o comissário distrital local, segundo a polícia.

(Por Feisal Omar e Abdi Sheikh)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos