Promotoria da Alemanha acusa adolescente que esfaqueou policial de apoiar o Estado Islâmico

BERLIM (Reuters) - Uma adolescente de 16 anos que esfaqueou um policial em uma estação de trem de Hanover, na Alemanha, estava agindo sob ordens do Estado Islâmico, disseram promotores federais.

Safia S., que tem dupla cidadania alemã e marroquina e está na prisão aguardando julgamento, foi acusada de tentativa de homicídio e de ser apoiadora do grupo jihadista, informaram os promotores nesta segunda-feira.

Em janeiro ela viajou a Istambul, onde se encontrou com membros do grupo que planejavam ajudá-la a entrar em um território da Síria controlado pelos extremistas. Sua viagem foi abortada quando a mãe da jovem a levou de volta para a Alemanha, onde ela esfaqueou e feriu seriamente um policial em fevereiro, disse a promotoria em um comunicado.

A agressão em Hanover antecedeu ataques contra civis na Alemanha no final de julho, incluindo dois reivindicados pelo Estado Islâmico nos quais só os agressores morreram.

Depois de ser levada de volta à Alemanha, Safia S. contatou integrantes do grupo radical através de um serviço de mensagens pela internet e lhes pediu para ajudá-la a planejar um ataque, relataram os promotores.

Eles ainda disseram que uma pessoa de 19 anos de nacionalidade síria-alemã ciente do plano e também detida sob custódia foi acusada de omitir a comunicação de um crime.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos