Serra considera "sem esperança" relação melhor com Venezuela de Maduro

Em Brasília

  • Nicolás Celaya/Xinhua

O ministro das Relações Exteriores, José Serra, disse nesta segunda-feira (12) que considera "sem esperança" uma melhor relação do Brasil com a Venezuela sob o governo do presidente Nicolás Maduro.

"Eu espero que pelo menos no caso de Equador e Bolívia eles vejam outro tipo de caminho para nosso relacionamento. No caso da Venezuela, eu considero sem esperança, no que se refere ao governo Maduro", disse Serra, em entrevista para comentar a ratificação do acordo climático de Paris.

Os governos dos três países criticaram o impeachment de Dilma Rousseff, que levou à efetivação de Michel Temer como presidente do Brasil.

Em resposta, o Itamaraty decidiu convocar os embaixadores brasileiros na Venezuela, Equador e Bolívia para consultas.

As críticas mais duras partiram da Venezuela de Maduro, que suspendeu as relações com o Brasil e retirou o embaixador do país após a cassação do mandato de Dilma.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos