Empresa indiana deve investir R$1 bi no Brasil, diz ministro da Agricultura

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa indiana UPL deverá investir 1 bilhão de reais no Brasil para a instalação de uma fábrica de agroquímicos, informou o Ministério da Agricultura nesta quinta-feira, após o ministro Blairo Maggi assinar um acordo em Nova Délhi.

O local da nova unidade da UPL, que diz em seu site estar presente em mais de 100 países, ainda será definido. A empresa já opera uma fábrica em Ituverava (SP), produzindo defensivos agrícolas para produtos como soja, milho, algodão, café, cana-de-açúcar e arroz.

"Um investimento como esse vai trazer mais renda e empregos para o nosso país", disse o ministro em nota.

A UPL diz ser líder global em dez produtos no segmento de agroquímicos, com 28 unidades produtivas espalhadas por 11 países, segundo informação do site da companhia.

Na viagem à Índia, Maggi também se reuniu com o ministro do Petróleo do país, Dharmedra Pradhan. Segundo nota do governo, eles conversaram sobre etanol. A Índia é o segundo produtor global de açúcar após o Brasil e busca aumentar a produção do biocombustível de cana.

A Índia é o sétimo país visitado pelo ministro da Agricultura este mês em sua missão à Ásia, região cujo consumo de alimentos cresce fortemente. Ele já passou pela China, Coreia do Sul, Tailândia, Myanmar, Vietnã e Malásia.

(( Redação São Paulo 55 11 56447751))

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos