Ator e diretor Terry Jones, de 'Monty Python', é diagnosticado com demência

(Reuters) - O ator e diretor Terry Jones, membro fundador do grupo de comediantes britânicos Monty Python, foi diagnosticado com uma forma de demência que restringe sua capacidade de falar, informou seu representante.

Jones, de 74 anos, é integrante do "Monty Python's Flying Circus", formado no final dos anos 1960 com John Cleese, Eric Idle, Graham Chapman, Michael Palin e Terry Gilliam.

O porta-voz de Jones disse que o humorista foi diagnosticado com afasia progressiva primária (APP), que é uma variante da demência frontotemporal.

"Esta doença afeta a capacidade de se comunicar, e ele não é mais capaz de dar entrevistas", disse seu representante em um comunicado na quinta-feira.

A Associação Nacional de Afasia descreve a afasia progressiva primária como um distúrbio neurológico da linguagem que normalmente se transforma em uma incapacidade quase total de falar, mas não se trata de uma forma de Mal de Alzheimer.

"A maioria das pessoas com APP preserva a capacidade de cuidar de si mesmas, praticar passatempos e, em alguns casos, continuar empregadas", diz a associação em seu site.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos