Condutor de trem fica ferido por bomba em ferrovia na Turquia

DIYARBAKIR, Turquia (Reuters) - O condutor de um trem de carga ficou ferido no domingo quando uma bomba deixada em uma linha férrea no sudeste da Turquia foi detonada enquanto o trem passava, disseram fontes de segurança, culpando militantes curdos pela explosão.

A locomotiva do trem foi danificada no incidente perto da cidade de Saray, na província de Van, perto da fronteira iraniana, disseram as fontes.

Não houve reivindicações imediatas de responsabilidade.

O Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), que tem travado uma insurgência de três décadas contra forças turcas, já atacou anteriormente ferrovias, oleodutos e outros alvos que considera como ativos estratégicos da Turquia.

Quatro militantes do PKK foram mortos em confrontos em outras partes da região, principalmente curda, as fontes de segurança disseram sob condição de anonimato.

Soldados que conduzem operações contra o PKK na província de Diyarbakir mataram um militante no domingo e apreenderam armas e narcóticos, disseram as fontes.

Mais a leste, na província de Hakkari, aviões de guerra turcos bombardearam alvos suspeitos do PKK e mataram um militante, enquanto os soldados mataram dois rebeldes, quando um tiroteio eclodiu.

O cessar-fogo de dois anos entre o PKK e do Estado turco entrou em colapso em meados de 2015, provocando a pior violência em quase duas décadas de luta. Milhares de rebeldes, soldados e civis foram mortos.

(Por Ayla Jean Yackley)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos