Kerry se encontra com presidente da Venezuela na Colômbia

CARTAGENA, Colômbia (Reuters) - O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, se reuniu com o presidente venezuelano Nicolás Maduro nesta segunda-feira, a primeira reunião formal entre os dois desde que Kerry tornou-se o principal diplomata dos EUA.

Os dois sentaram-se juntos depois de uma cerimônia em Cartagena para marcar a assinatura de um acordo de paz para acabar com a guerra civil da Colômbia.

"Minha esperança é que poderemos ter uma conversa séria", disse Kerry a repórteres em Cartagena algumas horas antes da reunião, embora ele tenha se recusado a fornecer detalhes sobre o que ele acreditava que poderia sair da conversa com um líder que tem sido um crítico persistente da política dos EUA.

"Nós não estamos buscando conflito. Estamos à procura de uma solução aqui que funcione para o povo da Venezuela. Eu recebo bem a oportunidade de ter um encontro com o presidente Maduro", afirmou Kerry.

Kerry disse que os Estados Unidos estão "profundamente preocupados" com a situação na Venezuela, um inimigo ideológico de longa data e principal crítico de Washington na América Latina.

"Temos trabalhado para ter um diálogo com o governo Maduro há algum tempo", declarou Kerry. Thomas Shannon, subsecretário de Estado para assuntos políticos, viajou para Caracas para conversas no passado.

"Estamos muito, muito preocupados com o povo da Venezuela, com o nível de conflito, a fome, a falta de medicamento. A situação humanitária é de enorme preocupação", disse Kerry.

(Por Patricia Zengerle)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos