Bombas explodem em mesquita e centro de conferência de Dresden sem deixar feridos

BERLIM (Reuters) - Duas bombas improvisadas explodiram na noite de segunda-feira em Dresden, cidade do leste da Alemanha, --uma em uma mesquita e outra em um centro de conferência internacional-- , mas ninguém ficou ferido, informou a polícia nesta terça-feira.

"Ainda que até agora ainda não tenhamos nenhuma reivindicação de autoria, devemos trabalhar com a suposição de que o motivo foi xenófobo", disse Horst Kretzschmar, chefe da polícia de Dresden, em um comunicado.

    Ele disse que a polícia acredita haver um elo com as comemorações planejadas para o próximo final de semana na cidade, que irão marcar o aniversário da reunificação alemã no dia 3 de outubro de 1990.

    No momento da primeira explosão, o imã da mesquita estava em seu interior com a esposa e os filhos, mas nenhum deles ficou ferido. As ondas de choque, porém, causaram dano ao edifício.

    Pouco depois, o Centro Internacional de Congressos foi danificado por um artefato caseiro e o bar de um hotel próximo foi esvaziado.

    Durante a noite, policiais foram enviados para proteger outras mesquitas da cidade.

    Dresden foi o berço do movimento de raiz anti-islã Pegida, cujas manifestações semanais atraíam cerca de 20 mi apoiadores no auge de sua popularidade, no início de 2015.

    O influxo de cerca de um milhão de imigrantes que entraram na Alemanha no ano passado inflamou as tensões sociais, especialmente no leste do país, onde ocorreram ataques de grande repercussão a abrigos de refugiados.

    (Por Madeline Chambers)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos