Governo sírio se mobiliza para nova ofensiva terrestre sobre Aleppo

BEIRUTE (Reuters) - Forças pró-governo da Síria se mobilizavam nesta terça-feira para um ataque terrestre a Aleppo depois de atacar quatro frentes em sua maior ofensiva desde que lançaram uma campanha para recuperar a cidade como um todo na semana passada, disse um importante dirigente rebelde.

Separadamente, um comandante de uma milícia iraquiana que luta em apoio ao governo sírio disse à Reuters que um grande contingente militar, com apoio de uma unidade de elite conhecida como Nimr, ou Força Tigre, havia começado a movimentar veículos blindados e tanques para um ataque a distritos rebeldes do leste de Aleppo.

Forças pró-governo realizaram ataques simultâneos nos arredores do campo Handarat, no norte de Aleppo; na área próxima do hospital Kini; no distrito de Rashidin, no centro da cidade; e nos apartamentos 1070, no sudoeste.

As forças do governo capturaram Handarat brevemente das mãos dos rebeldes no sábado, mas perderam a localidade horas mais tarde em um contra-ataque.

O dirigente rebelde disse que os ataques simultâneos foram repelidos, mas que forças pró-governo também estavam se mobilizando em duas outras áreas perto do distrito rebelde de Sheikh Saeed, na periferia sul da cidade.

(Reportagem de Tom Perry e Laila Bassam)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos