Autores de bombardeios contra civis em Aleppo irão enfrentar julgamento de Deus, diz papa

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O papa Francisco pediu para que cessem os bombardeios sobre civis na cidade síria de Aleppo, alertando nesta quarta-feira que os autores dos ataques irão enfrentar o julgamento de Deus.

Falando a dezenas de milhares de pessoas na Praça São Pedro, Francisco definiu Aleppo como "esta cidade já martirizada, onde todos estão morrendo --crianças, pessoas velhas, pessoas doentes, pessoas jovens".

Ele não deu nome aos autores dos bombardeios, mas grupos monitores dizem que o governo da Síria e a Rússia intensificaram ataques aéreos em áreas rebeldes da cidade desde o fim de um cessar-fogo na semana passada.

"Renovo um apelo para todos se comprometerem com todas suas forças a proteger os civis", disse Francisco à multidão durante seu discurso semanal.

Estima-se que mais de 250 mil civis estejam sitiados na cidade de Aleppo.

(Reportagem de Philip Pullella)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos