Indonésia retira centenas de turistas após erupção de vulcão

JACARTA (Reuters) - Serviços de resgate da Indonésia retiraram nesta quarta-feira centenas de turistas da área de um vulcão que entrou em erupção na véspera, e estão procurando até 50 escaladores.

As autoridades fecharam os portões de acesso ao Monte Rinjani, um dos vulcões ativos mais visitados da Indonésia e localizado na ilha turística de Lombok, próxima de Bali, e orientaram os visitantes a ficarem a pelo menos três quilômetros de distância.

O cone da erupção é chamado de Barujari, um vulcão situado dentro do Monte Rinjani.

A Agência de Mitigação de Desastres disse que 1.024 turistas, incluindo 639 estrangeiros, estavam no Parque Nacional do Monte Rinjani quando o vulcão entrou em erupção na tarde de terça-feira, cobrindo a vegetação de cinzas.

"Centenas de turistas saíram do Monte Rinjani e estão em boas condições", disse o porta-voz Sutopo Purwo Nugroho nesta quarta-feira.

Daniel Rosang, uma autoridade do parque, disse estimar que ainda há até 50 alpinistas no vulcão e que acredita que estão seguros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos