Tribunal norueguês rejeita ação de Edward Snowden contra extradição

OSLO (Reuters) - Um tribunal de apelações da Noruega rejeitou uma ação do ex-prestador de serviços da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos Edward Snowden contra o governo norueguês, mantendo a decisão de um tribunal inferior.

O escritório de advocacia que representa Snowden disse em abril que ele iria entrar com uma ação contra a Noruega para conseguir trânsito livre ao país nórdico para receber um prêmio de liberdade de expressão, mas o Tribunal Distrital de Oslo rejeitou o caso em junho.

"O tribunal de apelações, assim como o tribunal distrital, concluiu que a ação deve ser rejeitada", informou o tribunal nesta quarta-feira, acrescentando que o Ministério da Justiça não pode ser compelido a emitir uma decisão antecipada se vai ou não decidir pela extradição.

Snowden vazou detalhes sobre grandes programas de vigilância do governo norte-americano e recebeu asilo na Rússia, que faz fronteira com a Noruega, após fugir dos Estados Unidos, em 2013.

O governo dos EUA acusa Snowden por espionagem pelo vazamento de informações de inteligência.

(Reportagem de Stine Jacobsen e Terje Solsvik)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos