Presidente da Eletrobras quer discutir dívida diretamente com CEO da Petrobras

SÃO PAULO (Reuters) - A estatal Eletrobras está em busca de saídas para três enormes imbróglios no caminho da recuperação da companhia --uma dívida bilionária com a Petrobras, decorrente da compra de combustíveis para termelétricas, a paralisação das obras da usina nuclear de Angra 3 e os grande atrasos no cronograma de linhas de transmissão que precisam ser construídas por sua subsidiária Chesf.

O presidente da companhia, Wilson Ferreira Jr., disse nesta sexta-feira que os débitos com a Petrobras deverão agora ser alvo de uma negociação conduzida pessoalmente por ele junto ao presidente da petroleira, Pedro Parente. "Está havendo discussões entre equipes... e espero que agora suba de nível e discutamos ele e eu", explicou Ferreira, que falou com jornalistas após evento em São Paulo.

(Por Luciano Costa)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos