Cólera mata 13 no sudoeste do Haiti após passagem de furacão Matthew

PORTO PRÍNCIPE (Reuters) - Surtos de cólera mataram ao menos 13 pessoas no sudoeste do Haiti após a passagem do furacão Matthew, disseram autoridades governamentais neste sábado à agência de notícias Reuters, expressando a preocupação de que a doença esteja se espalhando.

Seis pessoas morreram de cólera em um hospital na cidade de Randel, no sul do país, e outras sete faleceram na cidade costeira ocidental de Anse-d'Ainault, disseram as autoridades, provavelmente por causa da mistura com águas de inundações com esgoto.

O furacão Matthew deixou quase 900 mortos no Haiti e causou grandes enchentes e perda de gado.

Ele atingiu a Carolina do Sul, nos Estados Unidos, neste sábado, depois de margear a costa do Atlântico da Flórida e a Geórgia, causando amplas interrupções no fornecimento de energia e inundações.

(Por Joseph Guyler Delva)

Vilas costeiras foram as mais atingidas por furacão no Haiti

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos