Amos Genish renuncia à presidência da Telefônica Brasil

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente-executivo da Telefônica Brasil , Amos Genish, renunciou ao cargo em 7 de outubro, anunciou o grupo de telecomunicações nesta segunda-feira. O executivo de origem israelense estava no comando da empresa desde março do ano passado, após a conclusão da compra da GVT que ajudou a fundar pelo grupo espanhol.

Para o lugar de Genish, o conselho de administração da Telefônica Brasil, que opera no país sob a marca Vivo, indicou o executivo Eduardo Navarro de Carvalho, atual presidente do colegiado da companhia.

Navarro assumirá a presidência-executiva da Vivo em 1o de janeiro, depois de um período de transição com Genish que vai até o final deste ano.

Segundo a Telefônica, Genish continuará membro do conselho de administração e vai liderar "o recém constituído comitê de estratégia", que contará também com a participação de Ángel Vilá Boix e Luiz Fernando Furlan, todos membros atuais do colegiado da operadora.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos