PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Esse conteúdo é antigo

Países da Otan apoiam EUA em ação que matou Suleimani, diz secretário-geral

11.jul.2018 - Donald Trump cumprimenta Jens Stoltenberg, secretário geral da Otan, durante encontro em Bruxelas - Xinhua/Ye Pingfan
11.jul.2018 - Donald Trump cumprimenta Jens Stoltenberg, secretário geral da Otan, durante encontro em Bruxelas Imagem: Xinhua/Ye Pingfan

06/01/2020 14h42

O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, disse hoje que todos os membros da aliança militar do Atlântico apoiam os Estados Unidos no Oriente Médio, depois que um ataque aéreo norte-americano matou o comandante militar iraniano Qassim Suleimani.

Falando após uma rara reunião da Otan sobre o Irã e o Iraque, na qual os Estados Unidos informaram seus aliados sobre o ataque de drone realizado na sexta-feira, Stoltenberg também pediu uma diminuição das tensões, ecoando declarações de alguns líderes europeus.

"Estamos unidos em condenar o apoio do Irã a uma variedade de diferentes grupos terroristas", disse Stoltenberg.

"Na reunião de hoje, os aliados pediram contenção e redução da tensão. Um novo conflito não seria do interesse de ninguém. Portanto, o Irã deve se abster de mais violência e provocações".

Internacional