PUBLICIDADE
Topo

França tem dois casos confirmados de coronavírus, os primeiros da Europa

24.jan.2020 - Médicos atendem paciente infectado pelo coronavírus no hospital Zhongnan, em Wuhan, na China - Xinhua/Xiong Qi
24.jan.2020 - Médicos atendem paciente infectado pelo coronavírus no hospital Zhongnan, em Wuhan, na China Imagem: Xinhua/Xiong Qi

Benoit Van Overstraeten

24/01/2020 16h39Atualizada em 24/01/2020 18h44

PARIS (Reuters) - A França anunciou hoje seus dois primeiros casos confirmados do coronavírus chinês, com um paciente sendo hospitalizado em Paris e outro na cidade de Bordeaux.

A ministra da Saúde da França, Agnes Buzyn, disse durante uma conferência de imprensa que estes foram os dois primeiros casos na Europa, acrescentando que é provável que outros casos ocorram no país.

Mais cedo, a instituição de caridade SOS Medecins disse que tratou um paciente de origem chinesa que apresentava sintomas de febre e que disse ter estado em contato com pessoas da província de Wuhan, na China, epicentro do surto do coronavírus.

Buzyn disse que esse paciente tinha 48 anos e havia retornado há dois dias de uma viagem à China que incluía uma parada em Wuhan. "Ele foi colocado em um quarto isolado, para evitar qualquer contato com o mundo exterior. Ele está bem", disse ela.

Buzyn disse que ainda não tinha informações sobre o segundo caso, em Paris, que acabou de ser confirmado.

O recém-descoberto vírus já matou 26 pessoas e infectou mais de 800. A maioria dos casos e todas as mortes até agora ocorreram na China, onde autoridades impuseram severas restrições a viagens e aglomerações públicas.

Ainda existem muitas incógnitas sobre o novo coronavírus, como o quão perigoso é e com que facilidade se espalha entre as pessoas. Ele pode levar a pneumonia, que foi mortal em alguns casos.

Ontem, a OMS (Organização Mundial da Saúde) admitiu o vírus como uma "emergência na China", mas decidiu não declará-lo uma emergência de saúde global.

Internacional