PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Trump mobiliza militares dos EUA para distribuir vacina do coronavírus

Presidente dos EUA, Donald Trump - YURI GRIPAS
Presidente dos EUA, Donald Trump Imagem: YURI GRIPAS

De Susan Heavey e Doina Chiacu

Em Washington (Estados Unidos)

14/05/2020 10h59Atualizada em 14/05/2020 12h25

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está mobilizando os militares do país para distribuir a vacina do novo coronavírus quando uma se tornar disponível, e se concentrará primeiro nos norte-americanos mais velhos.

"Vocês sabem que é um trabalho imenso dar esta vacina", disse Trump em uma entrevista transmitida hoje na Fox Business Network.

"Nossos militares estão sendo mobilizados agora de forma que, no final do ano, poderemos dá-la a muitas pessoas muito, muito rapidamente."

Ele disse que acredita que haverá uma vacina até o final do ano e que os EUA estão mobilizando "nossos militares e outras forças" com base nesta suposição.

A Casa Branca estabeleceu a meta de ter 300 milhões de doses de vacina até o final de 2020. Nenhuma vacina para a covid-19, doença respiratória provocada pelo novo coronavírus, foi aprovada, mas várias estão em desenvolvimento, e produzir e distribuir uma vacina eficiente são etapas consideradas essenciais para reativar a economia norte-americana.

O cronograma de Trump se choca com aquele fornecido pelo principal especialista em doenças infecciosas do país durante um depoimento no Senado na última terça-feira (12).

O doutor Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos EUA, disse que a ideia de que haverá uma vacina disponível no próximo outono local, quando escolas e universidades retomam as aulas, é "otimista demais".

Coronavírus